Crimes ambientais envolvendo transporte de cargas podem gerar multas de ate R$ 50 milhões

poluicao

CETESB contabiliza cerca de 200 acidentes por ano só no Estado de São Paulo

O advogado ambiental e consultor da ASSOCIQUIM (Associação Brasileira dos Distribuidores de Produtos Químicos e Petroquímicos), Marcos Gallão, fez palestra hoje (18), durante a primeira edição da Eco Transporte & Logística – Expo&Conference, um dos principais fóruns de discussão no segmento de sustentabilidade e transporte na Europa, sobre ações para as empresas se prepararem e evitarem danos ao meio ambiente. O evento é organizado e promovido pela Reed Exhibitions Alcantara Machado, em parceria com a NTC&Logística.

O assunto encabeça a discussão sobre o rigor na aplicação da Lei de Crimes Ambientais – em vigor no país desde 1998 – que prevê pena de reclusã o de até quatro anos e multas que podem chegar a R$ 50 milhões em caso de acidentes com veículos que transportem produtos que possam causar poluição ambiental ou danos à saúde humana. “Muitas empresas ainda não sabem que não são somente os produtos químicos que oferecem riscos ao meio ambiente. Por se tratar por si só de uma atividade poluidora, a questão do transporte deve levar em conta aspectos do interior da empresa que também oferecem riscos ao meio ambiente. Resíduos de pneus, graxas e estopas contaminadas são alguns exemplos”, afirmou Gallão.

O advogado também destacou a importância da conscientização de toda a cadeia logística – embarcador, transportador e destinatário – no processo de transporte de cargas. “Hoje em dia transportar não é só levar do ponto A para o ponto B. Devemos ter consciência ambiental, qualidade e responsabilidade, pois serão estas ações que terão impacto na imagem da minha empresa”, concluiu. Só de produtos perigoso s, a CETESB vem enquadrando numa faixa de 200 acidentes por ano no estado de São Paulo.

ECO TRANSPORTE & LOGISTICA DISCUTE COMO REDUZIR IMPACTO AMBIENTAL E TER MAIS SEGURANÇA NO TRANSPORTE
São Paulo, maio de 2011 – Começou hoje (18/05), na Fecomércio, em São Paulo, a ECO Transporte & Logística – Expo&Conference, que reúne especialistas do setor para apresentar e discutir tendências, tecnologias, soluções e modelos internacionais voltadas para o meio ambiente, transporte e logística. Estudos indicam que até 2030, o setor de estará entre os três principais na emissão de gases de efeito estufa. No Brasil, só o modal rodoviário, que responde por 62,7% da movimentação de cargas no país, é responsável e 87,6% das emissões de CO2 do transporte de cargas. A redução deste impacto na área ambiental já é uma preocupação dos empresários, que buscam a adoção de práticas sustentáveis para, não apenas preservar o mei o ambiente, mas garantir sua lucratividade e valor agregado para seus serviços.

Na cerimônia de abertura do evento, o presidente da Reed Exhibitions Alcântara Machado, Juan Pablo De Vera, destacou a importância do evento para fomentar a discussão do tema no Brasil. “O debate sobre a normalização do setor de transportes já é uma realidade principalmente na Europa Central. Por isso, resolvemos trazer a discussão para o Brasil, e parceria com a NTC, para que as empresas e os profIssionais possam compartilhar tendências e soluções”, afirmou o presidente. O evento, que teve sua edição de estreia em Paris no último mês de março, durante a Semana Internacional de Transporte e da Logística.

O vice-presidente da NTC & Logística, Vander Francisco Costa, afirmou que o setor tem consciência que polui. “Não há como transportar sem poluir, mas podemos minimizar o impacto da emissão dos gases de efeito estufa”, afirmou. E destacou a importância da renovação das frota s como um dos principais itens para a garantir mais segurança (menos acidentes) e menos poluição.

Já o consultor José Geraldo Vantine, da Valentine Solutions, afirmou que infelizmente hoje “o nível de preocupação da indústria em relação em meio ambiente é quase zero, principalmente do embarcador”. “O tema é complexo, por isso é importante que os gestores e executivos e os gestores participem de discussões como esta que está sendo apresenta nesta Conferencia.

A ECO Transporte & Logística – Expo&Conference é organizada e promovida pela Reed Exhibitions Alcantara Machado e a NTC&Logística.

(Fonte: ECO Transporte e Logística – Conference-19/05/11)

Deixe uma resposta